Psicologia e Psiquiatria
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Últimos assuntos
» A minha experiência sobre Insónia
Voltaram as crises. EmptyDom Mar 07 2021, 12:42 por voyager

» Desmame de ALPRAZOLAM 1mg / LORAZEPAM 2,5 mg
Voltaram as crises. EmptyDom Mar 07 2021, 12:32 por voyager

» Sensação de choques eléctricos na cabeça
Voltaram as crises. EmptySeg Jan 18 2021, 10:04 por guevara

» Sintomas de desmame que não desaparecem
Voltaram as crises. EmptyDom Jan 03 2021, 20:46 por Makito

» Que tratamento teve um melhor efeito?
Voltaram as crises. EmptyDom Maio 24 2020, 07:04 por Nuno Diogo

» Clínica da Mente - Alerta com base na minha (má) experiência
Voltaram as crises. EmptyDom Maio 24 2020, 06:54 por Nuno Diogo

» Homeopatia
Voltaram as crises. EmptyDom Maio 24 2020, 06:39 por Nuno Diogo

» Cannábis dúvidas
Voltaram as crises. EmptyDom Maio 24 2020, 06:34 por Nuno Diogo

» Óleo de CBD
Voltaram as crises. EmptyDom Maio 24 2020, 06:31 por Nuno Diogo

» Voltaram as crises.
Voltaram as crises. EmptyQui Maio 21 2020, 10:29 por Nuno Diogo

Quem está conectado ?
1 usuário online :: 0 Registrados, 0 Invisíveis e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 65 em Seg Jan 01 2007, 03:04

Voltaram as crises.

Ir em baixo

Voltaram as crises. Empty Voltaram as crises.

Mensagem por Nuno Diogo Qui Maio 21 2020, 10:29

Bom dia amigos, estou grato por encontrar um forum para partilhar ideias e conhecer um pouco mais.

Conto a minha história para que sirva de exemplo e explicação.

Desde pequeno que lido com familia mt mt boa e sempre tratado com carinho. Existiu sempre uma enorme ligação a eles pais, ao mesmo tempos a minha mãe e familia sempre tiveram depressões e eu vivi tudo isso desde muito novo.
Nunca consegui deixar a saia dos pais mesmo agora na casa dos 30. (isto para tentar explicar o porquê de tudo o que vou contar).
Desde muito novo fui um miudo muito ansioso, a precisar dos pais para tudo. Sou um adulto que nunca conseguiu deixar ou cortar o cordão de ligação. Em vésperas de exames, algo mais ansioso já tinha disturbios intestinais etc...
Com o passar dos anos as coisas começaram e ter outros efeitos, comecei a ter tonturas, sentir-me desanimado, sem previsões de futuro, sem saber o que queria, talvez porque nunca me tenha conhecido nem agora o fiz.
Os estudos foram sendo adiados ou acabei por andar sempre a mudar de curso, até que consegui fazer faculdade.
Sempre tive ao longo dos anos aumento dos sintomas mas sempre diferentes, tinha formigamento nas mãos, outras vezes ficava muito irritado. Para passar um pouco ao ponto que tenho a primeira depressão que foi brutal.

à cerca de 5 anos comecei a ter sintomas como não me apetecer sair de casa, irritabilidade, palidez, pouco apetite, isto foi aumentando a um ponto que eu dormia 22 horas por dia, ou tinha noites sem dormir. Acordava parecia estar noutro mundo não tinha forças mesmo, não me alimentava, não via a luz solar, estava cada vez mais magro, a cabeça parecia que ia explodir, sentia-me a ficar louco mentalmente e sem qualquer luz ao fundo.

Tive sintomas pouco comuns, na altura fui 2/3 vezes às urgências. Pois sentia dores fortissimas em todo o corpo, já me apareciam manchas no corpo vermelhas, olhos vermelhos, podia estar 40 graus eu tinha q ir para o banho porque sentia tanto frio que pensava que no dia a seguir ia morrer de pneumonia. Acordava com dores fortissimas no estomago, ataques de panico fortissimos e a todo o tempo, outros dias nas costas. Entre exames e exames. Eu já na linha final com tudo controlado. Sou enviado para a psiquiatria.

Eu já n conseguia mais, encontrei um Doutor que disse logo que era uma depressão major. E ele disse que eu ia ficar bem. Eu não acreditava. Ele receitou-me Venlafaxina, Olcadil, e andei assim uns meses. Primeiros tempos foi horrivel eu tinha dores de cabeça brutais e suava toda a noite. Acordava com fogo no peito e n via nada melhorar...
Ele dizia para eu ter paciência. Aguardei passado 2 meses eu comecei a sentir-me bem mas bem melhor. Parecia que tudo estava a voltar ao normal e estava. Como ainda n tinha vontade para nada ele aumentou-me a dose (eu engordei sem parar).

Nunca atingi a pessoa que era antes mas tb nunca estive bem desde adolescente. Mas desta vez eu tinha ido mesmo ao fundo.

Após 1 ou 2 anos a tomar esta medicação que pelo médico eu nunca parava eu decidi com ajuda fazer um desmame pois não queria de todo andar assim toda a vida. Fiz correu bem. Mas no inicio era como um Tsunami.

Andei uns tempos estavel sem crises, até que passado uns meses volto a cair. Já estava a prever nova depressão com sintomas parecidos mas nunca iguais.

Comecei a ter sensibilidade à luz solar, sem vontade de ir ao banho ou de me levantar, n queria janelas abertas, durante a noite eu chorava pelo que me dizem. Calor enorme na zona frontal, diarreias fortissimas durante a noite, fraqueza total. De novo uma data de exames - Tudo Ok. Psiquiatria de novo.

Optei por outro mais leve, Sertralina e Rivotril, Sertralina n me fez nada, n senti qq efeito. Rivotril metia-me mais calmo.

Tivemos que ir de novo para a Venlafaxina pois essa tinha sido a minha vida.

Andei uns meses com ela, até que voltei a estar bem fiz um desmame corrreu lindamente. Nunca estive como sempre fui mas sentia-me bem melhor.

Recentemente com tudo isto virus e nervosismo começou de novo a 3a crise, desta vez irritabilidade, luz solar, apertos no peito, dificuldade ao respirar, exames a tudo, tudo ok.

Não queria começar a medicação de novo, e se começar será algo mais leve. Fluexetina alguém tem experiência?
Vou fazer em breve psicoterapia que na minha opinião é o tratamento que preciso.

Abc.

Nuno Diogo

Mensagens : 35
Reputação : 1
Data de inscrição : 23/05/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum